Agricultores da região de Alagoinhas são atendidos pelo Programa de Melhoramento Genético Bovino

Agricultores da região de Alagoinhas são atendidos pelo Programa de Melhoramento Genético Bovino

Os agricultores familiares do município de Pedrão, região de Alagoinhas, estão sendo contemplados desde esta quinta (31) até sexta-feira com mais uma ação do Programa de Melhoramento Genético de Bovinos, executado pela Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), vinculada à Secretaria Estadual da Agricultura (Seagri).

O programa, direcionado à agricultura familiar, visa qualificar os plantéis para aumentar a produção de leite, a partir da inseminação de matrizes, com sêmen de alto padrão genético. Esse material é disponibilizado, principalmente, a partir dos plantéis das raças Gir e Guzerá leiteiro da empresa.

A ação desenvolvida pela Gerência Regional da EBDA em Alagoinhas, nos municípios de Biritinga, Conde, Inhambupe, Itapicuru, Alagoinhas e Pedrão, vem contribuindo para o melhoramento genético do rebanho, com resultados significativos, como o do agricultor Jaime Marques Borges (71), da Fazenda Povoação, em Pedrão, que terá a segunda geração de vacas inseminadas dentro do programa.

Segundo o médico veterinário da EBDA, Sinval Luz Souza, que trabalha diretamente com a atividade, serão inseminados 46 animais em Pedrão. Desse total, quatro novilhas são crias resultantes das inseminações anteriores, através do protocolo de Inseminação Artificial em Tempo Fixo - IATF, já implementado pelo programa. "Esse é um marco importante para a agricultura familiar baiana, na cadeia produtiva do leite, já que em dois anos novilhas provenientes de inseminação realizada pela EBDA, também serão inseminadas", destaca o veterinário.

Sinval Souza ressalta o trabalho da empresa, afirmando que ela "cumpre a finalidade do programa, de melhorar, geneticamente, o rebanho bovino dos agricultores familiares".

Trabalhando com o programa de melhoramento genético para produção de leite, desde 2010, o veterinário apresenta Jaime Borges, como um dos beneficiados que conquistou bons resultados a partir da inseminação.  "Atualmente a produção de leite por vaca é de quatro litros/dia, e com esse trabalho poderemos dobrar nosso potencial produtivo", confirma Borges. 

 

Comentários