Aiba ouve agricultores da comunidade de Novo Horizonte

Aiba ouve agricultores da comunidade de Novo Horizonte

Há quatro meses na estrada, as reuniões itinerantes da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) e da Associação Baiana dos produtores de Algodão (Abapa) chegaram nesta quinta-feira (28) na comunidade de Novo Horizonte, município de Barreiras. Esta ação em como principal objetivo aproximar os produtores da associação, apresentando o trabalho que tem sido feito e ouvindo as solicitações deles para a definição de novos projetos.

A reunião, que contou com a presença de 29 agricultores, foi aberta pelo presidente da Aiba, Júlio Cézar Busato, que falou sobre a maneira como a associação está estruturada e os serviços que são oferecidos por cada diretoria. Ele destacou a criação e implantação do Programa de Desenvolvimento da Agropecuária (Prodeagro), fundo privado e sem fins lucrativos, mantido com créditos fiscais de ICMS, que direciona recursos para infraestrutura, pesquisa e sustentabilidade econômica. Busato falou também sobre a criação do Instituto Aiba (IAiba) e o projeto para identificação e regularização de cascalheiras, que serão utilizadas para a recuperação das estradas da região.

" A Aiba representa, hoje, 1.380 agricultores do oeste da Bahia. Participem, acreditem e usem os serviços da associação porque ela é de vocês", disse Busato. Reforçando a necessidade da união para fortalecimento do agronegócio da região, ele acrescentou que "para definir o valor do ITR, a Aiba, Abapa e os Sindicatos estiveram juntos trabalhando na mesma direção".

Reforçando o trabalho que a Aiba vem realizando, o delegado da Aiba na região de Novo Horizonte, o agricultor Ricardo Teixeira, relatou que havia estado na secretaria estadual de Infraestrutura (Seinfra), em Salvador, com Busato e outros produtores para resolver o problema da BA 225 (Coaceral). " Fiquei surpreso de ver o apoio e a força que a Aiba tem junto ao governo do estado. Nós estamos bem representados".

Os agricultores solicitaram o apoio da Aiba na manutenção da Estrada do Café que foi recuperada em 2014 pela Patrulha Mecanizada da Abapa. Eles solicitaram também a abertura de desaguadores nas laterais da estrada para colaborar com o escoamento da água da chuva. O diretor de Relações Institucionais da Aiba, Ivanir Maia, aproveitou a ocasião e solicitou a ajuda dos produtores na identificação de cascalheiras na região.

Comentários